Seguidores

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

LIMIAR DO TEMPO

Amar é...
Te encontrar,
como agora,
só que na velhice,
de bengala,
e ainda assim,
sentir a mesma emoção,
que estou sentindo
nesta hora!

2 comentários:

SILVANA SCHILIVE disse...

Olá querida,
Agora que encontrei teu blog, vou semear esta noticia so vento, assim todos podem sentir o toque suave de tuas palavras...
Um abração
Adoro você!

marilda confortin disse...

Que linda essa poesia, Prima!